ALFABETIZAR LETRANDO: CONSTRUINDO CAMINHOS...

  • Ana Maria Lemos Rolim
  • Raquel de Souza Bortoli

Resumo

O presente minicurso propõe reflexões sobre quais os caminhos e descaminhos construídos pelos professores alfabetizadores ao exercerem a docência em turmas do Ciclo de Alfabetização. Aborda uma breve contextualização sobre a docência na alfabetização, incluindo o perfil da criança contemporânea. É referenciado nas autoras Magda Soares, Emília Ferreiro e Ana Teberosky, que contribuem para o esclarecimento dos significados de alfabetizar e letrar e a indissociabilidade dessas duas ações educativas. A partir desses conceitos, é instigada a construção de caminhos para a alfabetização plena, enfatizando a valorização de práticas do universo infantil, do qual faz parte a ludicidade com jogos e brincadeiras e a leitura deleite como recurso pedagógico para formação de leitores. Propõe relacionar o desenvolvimento da consciência fonológica com a aquisição do sistema alfabético de escrita, destacando a importância de contemplar, no planejamento, situações lúdicas de aprendizagem que abordam a reflexão explícita de palavras, destacando as partes orais e escritas de maneira que a criança reconstrua as propriedades da escrita alfabética para se tornar alfabetizada. Menciona a integração da alfabetização e letramento no ambiente alfabetizador a partir da compreensão e valorização da cultura escrita, da apropriação do sistema de escrita, práticas de leitura e produção escrita. A análise destes elementos constituintes do processo de alfabetização busca também promover uma reflexão em torno dos instrumentos pedagógicos abolidos das escolas brasileiras: memorização, caligrafia, cópia e ditado. A abordagem desses instrumentos nos instiga a pensar na reinserção ou não deles nas práticas de alfabetização, bem como interagir com as concepções de alfabetização que foram sendo construídas e vivenciadas pelos professores alfabetizadores que ora privilegiavam um método ou interpretavam equivocadamente teorias, aplicando-as como se fossem métodos de ensino, tal como ocorreu com o construtivismo. Em vista disso, há possíveis caminhos que podem ser reconstruídos a partir do entendimento de que alfabetizar letrando pode ser o caminho para superação dos problemas que vimos enfrentando nesta etapa de escolarização, assegurando a alfabetização plena de todas as crianças.

Publicado
2017-10-18
Como Citar
ROLIM, Ana Maria Lemos; BORTOLI, Raquel de Souza. ALFABETIZAR LETRANDO: CONSTRUINDO CAMINHOS.... Revista do Seminário de Educação de Cruz Alta - RS, [S.l.], v. 5, n. 1, p. 53-54, oct. 2017. ISSN 2595-1386. Disponível em: <http://www.exatasnaweb.com.br/revista/index.php/anais/article/view/278>. Acesso em: 17 oct. 2019.