ATIVIDADES PEDAGÓGICAS PARA EDUCAÇÃO INFANTIL

  • Cássia Rozemeri Ribas da Costa

Resumo

Vivemos um momento na educação onde precisamos estar cada vez mais conectados com a linguagem dos alunos, que já trazem da sua vida conhecimentos e modos de pensar diferenciados. Na escola, o pro- fessor é desafiado a conseguir envolver as crianças a fim de que todos consigam atingir a aprendizagem. Através dessa oficina pretende-se con- tribuir significativamente na prática das futuras educadoras, através do relato das minhas experiências vivenciadas durante todos os anos na educação infantil. No que tange esta etapa da educação, é necessário buscar caminhos alternativos e eficientes, propiciando um ambiente prazeroso e agradável para que a criança possa se desenvolver no todo: social, física, motora e cognitivamente, respeitando seus limites, seu tempo e suas necessidades específicas. Como professora desta etapa da educação, meu trabalho antepõe as atividades físicas e recreativas rea- lizadas no pátio, uso de jogos pedagógicos e utilização de leituras diver- sas. Penso que quando passamos para a etapa do uso do caderno, te- soura, lápis, cola e borracha, a criança estará mais segura e preparada se tiver antecedido a isso, o lúdico e o concreto. Segundo Vygotsky (1984, p.39), o lúdico influencia enormemente o desenvolvimento da criança. “É através do jogo que a criança aprende a agir, sua curiosidade é esti- mulada, adquire iniciativa e autoconfiança, proporciona o desenvolvi- mento da linguagem, do pensamento, da interação e da concentração.” Percebe-se com isto que no ato de jogar, o sujeito desenvolve a capaci- dade imaginativa, possibilitando a construção de relações entre o ima- ginário pleno e o real. A sistemática consiste em ofertar e manejar materiais diversos como: cordas, bambolês, bolas, linhas desenhadas no chão, dado, alfabeto e jogos como dominó, memória e quebra cabeças, os quais auxiliam na atenção, observação e raciocínio. Também deixar livre e ao alcance diversos tipos de leitura: gibis, dicionários, livros, re- vistas, para que o aluno sinta-se autônomo para escolher aquele que mais lhe interessa. Faz-se necessário, aguçar sua criatividade, assim a alfabetização ocorrerá de maneira fácil, sem transtornos ou traumas, pois a curiosidade se dará por parte do sujeito da aprendizagem. Acre- dito que quando fazemos nosso trabalho com amor, dedicação e con- fiança nas nossas atitudes, adaptando-se às mudanças, buscando no- vos caminhos nos desafios, conquistamos nosso espaço e a criança atin- ge o sucesso.

Publicado
2015-12-15
Como Citar
COSTA, Cássia Rozemeri Ribas da. ATIVIDADES PEDAGÓGICAS PARA EDUCAÇÃO INFANTIL. Revista do Seminário de Educação de Cruz Alta - RS, [S.l.], v. 3, n. 1, p. 54-55, dec. 2015. ISSN 2595-1386. Disponível em: <http://www.exatasnaweb.com.br/revista/index.php/anais/article/view/415>. Acesso em: 09 july 2020.