O GRAFISMO INFANTIL: OBSERVAÇÃO E REPRESENTAÇÃO GRÁFICA

  • Loriane Maria Casalini SULZBACH
  • Patrícia Simara KERBER

Resumo

O estudo aqui apresentado tem como propósito básico mostrar que desenhar não é um ato mecânico. Cada desenho/grafismo tem sua significação simbólica, expressa pensamento, ideias, hipóteses, e contribui para o desenvolvimento infantil. Sendo assim, mostra-se um recorte de observações e representações gráficas feitas com crianças bem pequenas de uma escola da Rede Municipal de Ijuí, e uma reflexão sobre o grafismo infantil como uma das cem linguagens da criança.

Publicado
2020-02-12
Como Citar
SULZBACH, Loriane Maria Casalini; KERBER, Patrícia Simara. O GRAFISMO INFANTIL: OBSERVAÇÃO E REPRESENTAÇÃO GRÁFICA. Revista do Seminário de Educação de Cruz Alta - RS, [S.l.], v. 7, n. 01, p. 236-240, feb. 2020. ISSN 2595-1386. Disponível em: <http://www.exatasnaweb.com.br/revista/index.php/anais/article/view/795>. Acesso em: 03 aug. 2020.