O SUPERVISOR ESCOLAR COMO MEDIADOR NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO CONSTRUTIVISTA

  • Sandra Denise Paula de SOUZA
  • Armgard LUTZ

Resumo

A pesquisa foi orientada pela metodologia qualitativa, buscando dados junto a supervisores de diferentes escolas da rede municipal e estadual do munícipio de Cruz Alta, com o uso de questionário concomitante à pesquisa bibliográfica. O objetivo da pesquisa foi aprofundar os argumentos à mudança paradigmática do processo de alfabetização, através do diálogo entre supervisor mediador e professores alfabetizadores. A escolha do tema justifica-se devido a) os baixos índices de aprovação dos alunos no 3º ano (quando a criança tem 8 anos e está no final do ciclo de alfabetização) resultado que interfere nos anos seguintes; b) as pesquisas dos últimos dez anos apontam que uma das causas dos fracassos na alfabetização é o emprego das metodologias tradicionais de alfabetização.

Publicado
2020-02-12
Como Citar
DE SOUZA, Sandra Denise Paula; LUTZ, Armgard. O SUPERVISOR ESCOLAR COMO MEDIADOR NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO CONSTRUTIVISTA. Revista do Seminário de Educação de Cruz Alta - RS, [S.l.], v. 7, n. 01, p. 250-257, feb. 2020. ISSN 2595-1386. Disponível em: <http://www.exatasnaweb.com.br/revista/index.php/anais/article/view/797>. Acesso em: 07 aug. 2020.