EDUCAÇÃO AMBIENTAL E O PROCESSO DE COMPOSTAGEM NA ESCOLA

  • Raquel Lima Alles NUNES
  • Caroline Timmermann de OLIVEIRA
  • Armgard LUTZ

Resumo

A partir da ótica de que a criança é o sujeito ativo na construção do seu conhecimento e de que o professor é o mediador desse conhecimento, há espaço para promover o cuidado com o meio ambiente desde a infância. O processo de conhecimento alimenta e transforma os valores e entre eles está o da valorização do meio ambiente. O objetivo geral foi mediar o conhecimento das crianças da educação infantil em relação à preservação do meio ambiente e promover o descarte adequado do lixo produzido na escola. O projeto ocorreu na Escola de Educação Infantil Professora Leopoldina Kruel, com turma do maternal B. A metodologia de projetos de trabalho (HERNANDEZ, 1998) oportunizou atividades significativas como contação de histórias sobre o meio ambiente; confecção de painéis e práticas sobre a separação adequada do lixo; construção de horta; reutilização de materiais reciclados; confecção de lixeiras para lixo seco e orgânico; construção da composteira doméstica; visitas ao galpão de reciclagem; caminhadas ecológicas e plantação de mudas na horta.

Publicado
2020-02-17
Como Citar
NUNES, Raquel Lima Alles; OLIVEIRA, Caroline Timmermann de; LUTZ, Armgard. EDUCAÇÃO AMBIENTAL E O PROCESSO DE COMPOSTAGEM NA ESCOLA. Revista do Seminário de Educação de Cruz Alta - RS, [S.l.], v. 7, n. 01, p. 385-386, feb. 2020. ISSN 2595-1386. Disponível em: <http://www.exatasnaweb.com.br/revista/index.php/anais/article/view/825>. Acesso em: 03 aug. 2020.