UM OLHAR ÀS CRIANÇAS MAFALDAS

  • Stífani Charline KEIDANN
  • Rebeca Behling MACHADO
  • Vanessa Steigleder NEUBAUER

Resumo

O presente trabalho discorre sobre propósitos da filosofia para crianças, como uma forma de solucionar o problema das mordidas, na turma do Jardim II da Educação Infantil, com aporte teórico na Filosofia de Lipman e no vídeo-desenho disponível no canal da TV Escola, intitulado como Pequenos Filósofos: “O Reino da Insanidade” que aborda sobre a verdade e a racionalidade. Temos como objetivo, sensibilizar as crianças, mesmo pequenas a questionarem-se, pensarem em suas próprias atitudes, estarem convictas que as ações que delas partem, sempre terão consequências. Com o desenho escolhido, podemos assimilar a verdade com a mordida, e a racionalidade com o pensar antes de agir. As metodologias escolhidas que contribuirão com o princípio proposto pelo trabalho, serão as histórias: “Mordida Não, Napoleão” da autora, Joice M. Kosset, “Maria vai com as outras” da autora, Sylvia Orthof e a parceria de Nutricionista e Dentista, com o intuito de dispor informações para as crianças terem entendimento do seu próprio corpo.

Publicado
2020-02-26
Como Citar
KEIDANN, Stífani Charline; MACHADO, Rebeca Behling; NEUBAUER, Vanessa Steigleder. UM OLHAR ÀS CRIANÇAS MAFALDAS. Revista do Seminário de Educação de Cruz Alta - RS, [S.l.], v. 7, n. 01, p. 440-442, feb. 2020. ISSN 2595-1386. Disponível em: <http://www.exatasnaweb.com.br/revista/index.php/anais/article/view/847>. Acesso em: 04 aug. 2020.